No dia 25 de maio de 2018, entra em vigor o GDPR (General Data Protection Regulation) ou Regulamento Geral de Proteção de Dados, uma nova legislação que irá proporcionar mais segurança às informações pessoais dos usuários no ambiente virtual. Elaborada na União Europeia, essa norma pode transformar a maneira como a publicidade e o marketing são trabalhados nos meios digitais.

A tendência é que as mudanças também sejam aplicadas em outros países. No entanto, embora a regulamentação seja valida somente na Europa, ela vai impactar diretamente as empresas de qualquer nacionalidade que tenham negócios na região. Alguns exemplos de informações disponibilizadas por usuários para criação de conteúdos direcionados são números de clientes, IDs de cookies, endereços IP, IDs de dispositivos, entre outras, que estarão provavelmente sob o resguardo do GDRP.

Além disso, a regulamentação propõe que os usuários tenham controle real de suas informações pessoais, geradas durante a navegação nos portais. Desta maneira, os dados dos clientes só poderiam ser coletados ou processados com autorização prévia, por meio de ferramentas de consentimento. Para as empresas, essa utilização consciente das informações traz um melhor relacionamento entre organização e internauta, proporcionando um cenário de segurança.

“Empresas como Google, Facebook, Instagram e ferramentas de marketing, como o Retargeting, que utilizam dessa prática, serão impactadas diretamente com a regulamentação”, explica Rafael Bonfá, gerente de marketing da Rakuten Marketing. “Por outro lado, os usuários se sentirão menos ‘espionados’ e podem ter total liberdade de exigir, de forma simples e rápida, que seus dados sejam destruídos e não armazenados”, complementa o executivo.

O GDRP irá impor sansões severas para quem não cumprir essas regras: as empresas podem ser multadas em 20 milhões de euros ou 4% do volume anual de negócios, o que for maior. Esta lei é um grande passo na segurança das informações digitais.

Como a abordagem da Rakuten Marketing é diferenciada?

A Rakuten Marketing se diferencia por utilizar uma metodologia de coleta consistente de dados em todos os canais. Sem esses dados valiosos (endereços IP, IDs de cookies, etc.), as marcas não poderão personalizar seus anúncios e mensagens para os consumidores.

Para anunciantes que trabalham com vários fornecedores em seus canais digitais, métodos tradicionais resultarão em uma experiência ruim ao usuário final. Quanto mais inconsistente e de menor qualidade os dados, mais difícil será fornecer anúncios e experiências relevantes e úteis para os consumidores.

Ao utilizar a coleta consistente, a Rakuten Marketing proporciona que os consumidores tenham uma experiência efetiva e positiva com as marcas, anúncios ou canais. Essa ação aprimorada resultará em melhor desempenho para os anunciantes e editores.